Ambiente de produtividade

Como usar Indicadores de Produtividade

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Você sabe o que é Produtividade?

Cuidado para não confundir, pois produtividade não é sinônimo de produção.

Enquanto a produção é o resultado de um determinado trabalho (outputs), os indicadores de produtividade demonstram a relação entre a produção, e os recursos usados (inputs) para obter-se essa produção.

Numa fórmula simples, poderíamos demonstrar:  fórmula Indicadores de produtividade

Para melhor entendimento, vejamos a seguinte situação:Tabela exemplo de produtividade

Numa comparação simples e direta, sem considerar outras variáveis, verifica-se que a equipe “A” obteve maior produção (500 unidades), porém, a equipe “B” apresentou maior produtividade (60 unidades por empregado).

Outro ponto a ser observado, é que o resultado da produção é uma variável única, um “dado” isolado (500 unidades). Já o indicador de produtividade, relaciona duas variáveis, representando uma “informação” (dados trabalhados) em forma de taxa ou índice (50 UEs), que servirá de base para análises, comparações e tomada de decisão por parte do gestor.

Com relação ao tipo de outputs, o conceito pode ser adotado para qualquer produto, não só para produtos tangíveis. Nas áreas técnicas e de serviços, a produtividade pode ser medida, por exemplo, pela quantidade de outputs como: atendimentos, análises, entrevistas, projetos, vendas e outros.

Os indicadores de produtividade também podem, e devem, ser estabelecidos para outros recursos, além dos empregados, tais como:

  • Produção por máquina, equipamento, estação de trabalho, ponto de atendimento, ponto de venda etc.
  • Produção por m2, quilômetro, hectare etc.

Como usar os Indicadores de Produtividade?

Gestão Estratégica
Os indicadores de produtividade têm um papel fundamental na comunicação e no desdobramento dos objetivos estratégicos corporativos, quer seja como “drivers” (índices que se pretende alcançar – metas de produtividade), ou como “laggings” (resultados de um período passado – usados como referência).

Gestão de Pessoas
No caso dos indicadores de produtividade de Recursos Humanos, eles são fundamentais para o planejamento de ações de gestão de pessoas, no campo das avaliações de desempenho, estratégias de remuneração, capacitação, desenvolvimento de carreira, treinamento de equipes e outros.

Gestão de Processos
A análise dos indicadores de produtividade também é capaz de direcionar ações de redesenho e melhorias de processos, resultando em otimização de recursos e consequente ganho de produtividade.

Como aumentar a produtividade?

Esse é o principal desafio a ser enfrentado pelo gestor, pois é justamente essa a sua função, otimizar os recursos,  fazer mais com menos. Mas, esse é um tema para as próximas matérias. Por ora, é importante saber que, para aumentar a produtividade é preciso medir a produção e estabelecer os adequados indicadores.

Recomendação de leitura:
– Post: Indicadores de Desempenho
– E-book: Sistema de Indicadores – Fundação Nacional da Qualidade (FNQ)
– Livro: ASSIS, Marcelino Tadeu. Indicadores de Gestão de Recursos Humanos. Editora Qualitymark, 2005.

Até a próxima!

Jairo Duarte

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.